Trilha do Capim Açú, a trilha mais longa de Fernando de Noronha


A Capim Açú é a trilha mais longa do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. É considerado o passeio mais raiz de toda Ilha, e que todo bom aventureiro deve realizar. A trilha é em forma de U, são 7 km no total, a maioria dos visitantes realizam esse percurso entre 5 e 6 horas de caminhada com paradas para hidratação, alimentação e descanso. O guia também faz paradas para observação do ambiente e fotos, além de paradas para banho nas piscinas naturais que se formam na maré baixa.


O CAMINHO | Existem dois sentidos para realização da trilha, o sentido mais realizado é Sancho – Praia do Leão, mas a depender das condições da maré, e a agitação do mar, pode ser realizado o sentido oposto. Eu mesma realizei o sentido oposto, que é Praia do Leão – Sancho, esse sentido exige mais esforço físico, já que ao invés de descer a montanha você irá subir.
Mas na maré alta, é o mais seguro a ser feito. Mas fique despreocupado, antes de começar a trilha o guia acompanha a tabua de maré e as condições do mar, e você será avisado da rota que será realizada no dia.

Comecei pela Praia do Leão, exigiu mais esforço físico, porém fui com uma galera do esporte, acostumado com trilhas, terminamos a caminhada em 4h e 30 min.


A TRILHA | A trilha do Capim Açu é repleta de belezas naturais, são muitos mirantes, que oferecem vistas privilegiadas da Ilha, como a vista para os mares de dentro e de fora, entre as praias do Sancho e a do Leão. Na trilha existe uma caverna incrível, a caverna do Capim Açu, que na maré alta espirra água do mar, e na maré baixa existe a possibilidade de nadar dentro dela.


Boa parte do caminho é margeando o mar, aquele mar azul e transparente, na parte alta da trilha é possível caminhar pela mata fechada e aberta, a vegetação vai mudando durante o percurso.


Nos mirantes, é possível observar as aves endêmicas de Fernando de Noronha, como a noivinha e a viuvinha, entre outras. Já no mar, mesmo fora da água, é possível avistar tubarão e até tartarugas na praia do Leão.

DICAS |Metade da caminhada é feita sobre pedras, algumas pedras secas e outras molhadas, sendo necessária atenção para não escorregar. Sempre realizar as trilhas de tênis e roupa leve, usar protetor solar, chapéu ou boné. Já a blusa UV é opcional, mas é sempre uma boa pedida em Noronha. Levar no mínimo 2 litros de água para cada pessoa.


Antes de topar participar dessa aventura, é ideal você avaliar suas condições físicas para que o passeio não passe de algo agradável para algo sofrido, até porque o ideal aqui em Noronha é se divertir. Converse com o guia se achar que algo lhe impede de realizar a trilha com tranquilidade, ele irá esclarecer suas dúvidas.


IMPORTANTE |Para realizar a trilha é necessário ir ao centro de visitante e fazer o agendamento da trilha, o centro de visitantes fica no Boldró, do lado da sede do projeto TAMAR, é um lugar de fácil acesso pela BR 363. Caso vá de ônibus, peça ao motorista para descer no TAMAR. Em muitos passeios será necessário fazer o agendamento, então aproveite para agendar todos que deseja realizar.


Na trilha do Capim Açu é OBRIGATÓRIO o acompanhamento de um condutor/guia de turismo, que pode ser contratado direto por agências locais, ou diretamente com os guias locais cadastrados na ACITUR (Associação dos Condutores e Divulgadores de Informações Turísticas de Fernando de Noronha). A contratação pode ser feita no mesmo momento do agendamento, os guias da associação ficam no centro de visitantes para tirar dúvidas e oferecer seu serviço.

VALORES | O preço pode variar de R$ 150 a R$200 por pessoa.

Leia também: Rumo a Fernando de Noronha: Moradora funcional no destino dos sonhos

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.