San Pedro de Atacama: Como chegar, agências, valores e horários


Depois de passar 3 dias no Salar de Uyuni, desembarcamos com nossas mochilas em San Pedro de Atacama. Como a fronteira Bolívia-Chile é um pouco distante de San Pedro, preferimos fechar o transfer junto com o tour, na mesma agência, ainda na Bolívia.

Chegando em San Pedro, nosso encantamento pelo lugar foi imediato. Descemos do transfer no campo de futebol, um ponto bem conhecido pela comida barata, haviam muitas pessoas na rua e uma música típica tocando ao fundo em um dos restaurantes dali.

Leia também: Uma carta ao Atacama...

Outra forma de chegar a San Pedro é pelo aeroporto mais próximo, o de Calama, e pagando um transfer que custa em média 12.000 pesos.


AS PESSOAS | Caminhamos cerca de 10 minutos até chegar ao nosso hostel, fomos pelas ruas pedindo informação sobre o caminho. As pessoas de San Pedro são bastante simpáticas e prestativas, até os turistas que não são de lá, vão tentar te ajudar sempre que pedir alguma ajuda.

Nossa primeira missão após deixar as mochilas no hostel, foi pegar um mapa e ir até a famosa Caracoles, rua principal com as agências do lugar.

O LUGAR | San Pedro de Atacama é bem pequeno e fácil de aprender a andar, sendo bom em mapa, na primeira olhadinha você já aprende o necessário. Com cerca de 2 mil habitantes, não há perigo de violência ou furtos, também fomos muito bem recebidas como um casal LGBT, foi a melhor recepção que tivemos e onde nos sentimos mais confortáveis pelas ruas e no hostel desde o início da nossa viagem Bolívia-Peru-Chile.

Inclusive, descobrimos um bar/restaurante gay friendly na Caracoles com uma comida muito boa, drinks regionais e karaoke, vale a pena conhecer! (Indicamos ir no sábado que o lugar fica cheio e bem animado, peçam uma cerveja mechilada e não irão se arrepender.)


AGÊNCIA | Caminhamos de um lado a outro da Caracoles, passamos por ruas ao redor e após pesquisar algumas agências, preços, descontos e ouvir relatos de outros brasileiros pelo caminho, decidimos fechar um pacote com a Flamingo.

Muitas coisas contaram nessa escolha:
1 - O atendimento que tivemos não foi pedinte e desesperado, como a maioria das outras agências.
2 - Não vimos nenhum relato de carros enguiçados ou com problemas.
3 - Os guias foram super elogiados, e percebemos que todos compreendem bem o português.
4 - Eles não fazem tour com ônibus ou "superlotação".
5 - O preço é intermediário.


OS PASSEIOS | Como fizemos o tour de 3 dias pelo Salar de Uyuni, desistimos de ver as Lagunas e quase abrimos mão dos Geysers, entretanto, fomos convencidas na agência a não fazer isso e, QUE BOM, pois foi um dos nossos passeios favoritos da viagem inteira e uma das coisas mais bonitas que já vimos na vida.

Único passeio que gostaríamos muito de ter feito e não conseguimos foi a Laguna Cejar, descobrimos que nesta época de Julho/Agosto, a temperatura da água fica bem baixa e junto com a temperatura exterior, fica bem difícil entrar na lagoa, então decidimos não fazer.

Nos próximos posts, iremos falar mais a fundo de cada um dos passeios escolhidos por nós e tudo o que eles oferecem. Todos os passeios, exceto Termas de Puritama, incluem visita a outros lugares além do destino principal, alguns povoados e paradas em lugares específicos no caminho, como a parte da estrada onde as pessoas tiram fotos.

Leia mais: Algumas sugestões de hostel no Atacama.


NOSSO ROTEIRO DE 8 DIAS NO ATACAMA
Dia 1 | Chegada a San Pedro, pesquisa de agências e compras de mercado (lanches para os passeios, água e comida para o hostel)

Dia 2 | Manhã livre
15h às 18h30 - Valle de la Luna
Quanto custa em média? Entre 8.000 e 50.000
Pagamos: 10.000

20h - Tour Astronomico
Quanto custa em média? Entre 15.000 e 20.000
Pagamos: 17.000

Dia 3 | Manhã livre
14h às 18h - Termas de Puritama
Quanto custa em média? Entre 10.000 e 55.000
Pagamos: 10.000

Dia 4 | 7h às 18h - Piedras Rojas
Quanto custa em média? Entre 30.000 e 95.000
Pagamos: 35.000

Dia 5 | 5h às 12h - Geysers del Tatio
Quanto custa em média? Entre 15.000 e 80.000
Pagamos: 18.000
Horário livre - Bike até Pukará de Quitor
Pagamos: 3.500 aluguel da bike por 6h

Dia 6 Conhecendo San Pedro, as galerias, praça, lojas e restaurantes.
15h às 17h - Walking Tour
Quanto custa? Você paga o quanto quiser.

Dia 7 | Manhã livre
14h às 17h - Sandboard no Valle de la Muerte (com instrutor e vídeo)
Quanto custa em média? Entre 18.000 e 25.000
Pagamos: 17.000 pois Jéssika ganhou desconto de aniversário #dica

Dia 8 | 8h às 13h30 - Valle del Arcoiris
Quanto custa em média? Entre 20.000 e 50.000
Pagamos: 22.000


Esses foram os passeios que escolhemos fazer, optamos por nada de correria e ficamos felizes em ter bastante tempo para conhecer bem o lugar. Como eu disse anteriormente, o único passeio que eu senti falta foi Laguna Cejar que seria uma experiência e tanto. O tour do Salar de Tara também é bastante conhecido e não fizemos, mas se tiverem interesse, acredito valer a pena já que é super elogiado. Abaixo as informações desses dois passeios:

8h às 16h30 - Salar de Tara
Quanto custa em média? Entre 40.000 e 95.000
Na Flamingo: 50.000 (sem desconto)

15h às 19h - Laguna Cejar
Quanto custa em média? Entre 15.000 e 55.000
Na Flamingo: 18.000 (sem desconto)

*Os valores que listamos durante o post não incluem as entradas dos parques.
*Os valores que pagamos na agência Flamingos estão com desconto pois fechamos mais de 3 passeios.
*Descobrimos que a maioria das agências oferecem desconto de até 30% para quem fecha mais de um passeio, peçam desconto!

De viagem marcada para San Pedro de Atacama? Faça sua reserva pelo Booking.com

Qualquer dúvida, estamos disponíveis para responder nos comentários, na nossa página no facebook ou no instagram.

Leia mais: Nosso hostel no Atacama!

7 comentários:

  1. Que lugar legal , eu adorei e achei os preços muito acessível gostei tanto que talvez pra minha viagem pra 2018 eu visite

    ResponderExcluir
  2. San Pedro é um lugar maravilhoso para passear,conhecer novas pessoas gostei muito do lugar. O seu post está bem completo super explicado, pra quem quiser conhecer o lugar vai ficar mais fácil agora. Vocês escolherem muito bem o passeio em San Pedro, bjs.

    ResponderExcluir
  3. Passeio super diferente no meio do deserto muito legal...o céu azul dia ensolarado condições agradáveis pena que não puderam ir no lago.

    ResponderExcluir
  4. Oi tudo bem?
    Ai que lugar lindo, confesso que não sabia nada sobre mas já fiquei curiosa para um dia vir a conhecer.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que lugar incrível, adorei sua viagem! é ótimo conhecer novos lugares e pessoas. San Pedro é um destino lindo, e suas dicas foram ótimas para quem deseja ir! Gostei bastante! abraços

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, como vai? Nossa que lugar lindo esse confesso que ainda nao comhecia, mas achei super aconchegante além do mais tem lugares maravilhosos para conhecer, e eu gostei bastante da forma com que você fez esse post, nao deixou nwnhuma duvida sobre eessa viagem. beijos

    ResponderExcluir
  7. Que viagem maravilhosa, amei as fotos, o lugar parece ser incrível, Gostei do post super completinho tbm, quem quiser viajar já vai saber tudinho. bjs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.